Finalmente, nesta sexta, a live de Caetano Veloso; ele completa 78 anos

Um dos maiores nomes da MPB, o cantor Caetano Veloso fará uma apresentação pela internet apelidada de Live, a Lenda, nesta sexta-feira (7), dia em que o artista completa 78 anos

Caetano Veloso
Caetano Veloso (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira (MPB), o cantor Caetano Veloso fará uma apresentação pela internet apelidada de Live, a Lenda, nesta sexta-feira (7), dia em que o artista completa 78 anos. O compositor tocará ao lado dos filhos Moreno, Zeca e Tom (com os quais veio dividindo o show "Ofertório" nos últimos anos), na sala de sua casa, em Ipanema, zona sul da cidade do Rio de Janeiro. A transmissão acontecerá às 21h30, exclusivamente no Globoplay (não é necessário ser assinante para assistir).

"No começo, eu nem via possibilidade de fazer live. Não achava que o que me era proposto fosse do meu feitio. Mas eu queria fazer. Acho graça de o assunto ter ficado tão falado. O fundamental, que é cantar, estar na companhia dos meus filhos e escolher canções, me dá prazer", afirmou Caetano em entrevista distribuída à imprensa. 

"Falei logo com eles que queria que eles participassem. Não tem quase nada do 'Ofertório'. Eles vão tocar comigo muitas das músicas escolhidas para a live e eu vou cantar ao menos uma com cada um deles", acrescentou. Os relatos foram publicados no jornal O Globo.

O artista afirmou que não deixaria a canção "Tigresa" de fora da live. Outras duas músicas novas farão parte da apresentação: "Talvez" (composição de Tom Veloso com Cezar Mendes, que foi gravada por Caetano e o filho e lançada hoje nas plataformas de streaming, como single) e "Pardo", canção de Caetano registrada pela cantora Céu em seu último álbum, "APKÁ!" (2019), mas agora terá a interpretação do autor.

"Recebo muitos recados e e-mails pedindo canções e até orientando se vou para o lado do material ultraconhecido ou se canto coisas que quase nunca cantei. Meu critério deveria ser exclusivamente este: o que eu posso fazer melhor?", explicou o artista. "Mas tanto os sucessos consagrados quanto as coisas que tratam de temas mais adequados à situação de quarentena abalam esse critério. Assim, o público pode esperar um misto dessas coisas todas".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247