Jorge, Amado em todos os cantos do País

A partir de 10 de agosto, quando comemorado o aniversrio de nascimento do escritor, atos marcam apresentao oficial do programa de atividades do "Ano Jorge Amado"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia_247 – O escritor baiano Jorge Amado é o grande homenageado a partir de quarta-feira (10), data em que será comemorado 99 anos de seu nascimento. Amado, autor de obras que foram traduzidas para cerca de 50 idiomas morreu em 6 de agosto de 2001, quatro dias antes de completar 89 anos. As comemorações permanecem até o final de 2012, ano do centenário do escritor.

Na quarta, acontece a abertura da exposição "100 + 100", composta por ilustrações do artista plástico Carybé feitas para obras de Jorge Amado, no Foyer do Teatro Castro Alves (TCA), a partir das 18h30. Às 20h, também no TCA, o autor moçambicano Mia Couto apresenta na Sala Principal a palestra "Um Mar Vivo: Como Jorge é Amado na África". A entrada é franca, mas é preciso adquirir os ingressos na bilheteria do teatro.

A fundação que fica no Largo do Pelourinho, em Salvador, e leva o seu nome realiza o curso "Jorge Amado — Colóquio de literatura brasileira", de 22 a 27 de agosto. Este ano, a Fundação Casa de Jorge Amado completou 25 anos. A Biblioteca Pública do Estado da Bahia expõe sobre a vida e obra do escritor desde o início do mês. "Agosto de Jorge" permanece até dia 31, das 8h30 às 18h.

E não para por aí. A obra do escritor universal chega às telonas. Dia 14 de outubro, entra em circuito nacional o longa-metragem "Capitães da areia", baseado no livro homônimo de 1937. A direção e o roteiro foram assinados pela neta escritor, Cecília Amado.

Em 2012, Jorge será tema da festa momesca em Salvador e no Rio de Janeiro, onde vira samba no enredo da Imperatriz Leopoldinense. O Museu de Arte Moderna de Salvador vai abrigar a exposição "Jorge, Amado e universal" após passar pelo Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, entre os meses de março e julho de 2012. Na Bahia, permanecerá até outubro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email