Júri dos EUA decide a favor de Johnny Depp em processo por difamação contra Amber Heard

O júri de um tribunal da Virgínia estabeleceu um pagamento de 15 milhões de dólares por Amber a Depp como indenização

www.brasil247.com - Johnny Depp e Amber Heard
Johnny Depp e Amber Heard (Foto: Reuters)


(Reuters) - O júri de um tribunal da Virgínia decidiu nesta quarta-feira que a atriz Amber Heard difamou seu ex-marido Johnny Depp e estabeleceu um pagamento de 15 milhões de dólares ao ator como indenização, após um julgamento de seis semanas amplamente assistido que contou com depoimentos e evidências explícitas detalhando o relacionamento tenso do ex-casal de Hollywood.

Depp, astro de "Piratas do Caribe", de 58 anos, processou Heard com pedido de 50 milhões de dólares e argumentou que ela o difamou quando se chamou de "uma figura pública que representa abuso doméstico" em um artigo de opinião publicado em um jornal.

Heard, de 36 anos, processou Depp de volta, pedindo 100 milhões de dólares, dizendo que Depp a difamou quando seu advogado chamou suas acusações de "farsa".

Depp nega ter batido em Heard ou em qualquer mulher, e disse que foi ela quem se tornou violenta em seu relacionamento.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email