Lições que aprendemos em um mês de governo Temer

"Pessoas que postavam coisas nas redes sociais sobre política, principalmente sobre o impeachment, passaram a falar sobre gatos, cachorros, comidas, filhos, passeios, jogos de futebol etc", diz o cantor Tico Santa Cruz, em artigo publicado no Brasil de Fato; "Aqueles que diziam estar lutando contra a corrupção, em grande maioria, devem estar dormindo há um mês ou mudaram de país"; leia a íntegra

www.brasil247.com - Brasília- DF 02-03-2016 Deputado, Paulo Pimenta e outros deputados recebem o Músico e ativista, Tico Santa Cruz, que falou sobre ameaças de morte que vem sofrendo na internet. Foto Lula Marques/Agência PT
Brasília- DF 02-03-2016 Deputado, Paulo Pimenta e outros deputados recebem o Músico e ativista, Tico Santa Cruz, que falou sobre ameaças de morte que vem sofrendo na internet. Foto Lula Marques/Agência PT (Foto: Leonardo Attuch)


Por Tico Santa Cruz, no Brasil de Fato

Pessoas que postavam coisas nas redes sociais sobre política, principalmente sobre o impeachment, passaram a falar sobre gatos, cachorros, comidas, filhos, passeios, jogos de futebol etc.

Aqueles que diziam estar lutando contra a corrupção, em grande maioria, devem estar dormindo há um mês ou mudaram de país. Vejo poucos falando sobre Cunha, Temer, Jucá e Renan. Os que ainda falam só mencionam Lula e Dilma, ainda que Dilma não tenha sido inserida na Lava Jato.

Muita gente percebeu que o problema do Brasil é muito mais grave, que não basta mudar um presidente ou culpar um partido. Parece ter ficado claro que envolve praticamente todo o sistema e isso gerou uma descrença total.

Há um constrangimento sincero das pessoas sérias. Muitas delas estão indignadas e se sentem usadas por movimentos que se diziam contra a corrupção, mas que na verdade estavam atuando em nome dos interesses das pessoas que tomaram o poder.

Ficou evidente que o objetivo desse governo interino é acabar com a Lava Jato. Pois, o deputado federal afastado, Eduardo Cunha (PMDB), e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado podem acabar com a República se continuarem contando tudo o que sabem.

E despois de tudo isso, a grande imprensa ainda continua seu malabarismo para tentar viabilizar o governo interino.

Não adianta trocar as peças do jogo se as regras forem as mesmas. Só uma reforma política profunda poderá nos devolver a esperança de ver esse país entrar nos trilhos.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247