Lula lamenta morte do intelectual quilombola Nêgo Bispo

"Nêgo Bispo foi autor de livros, poemas e artigos, além de um ativista importante das comunidades tradicionais que constituem parte importante da nossa identidade", postou Lula

Nêgo Bispo
Nêgo Bispo (Foto: Divulgação)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente Lula (PT) lamentou pelo X, antigo Twitter, nesta segunda-feira (4) a morte do filósofo, poeta, escritor, professor e ativista político Nêgo Bispo, que completaria 64 anos no próximo dia 12. 

"O Brasil perdeu um importante intelectual quilombola. O piauiense Nego Bispo foi autor de livros, poemas e artigos, além de um ativista social importante das comunidades tradicionais que constituem parte importante da nossa identidade. Meus sentimentos aos amigos e familiares por essa perda", publicou o presidente. >>> Nêgo Bispo deu contribuição imensa à cultura e identidade quilombola no Brasil

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247