Mamonas na telona

Documentrio conta a trajetria dos cinco jovens msicos de Guarulhos, que morreram juntos em um acidente areo, em 1996

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com informações de agências de notícias – Nem parece, mas já se foram 15 anos que uma das bandas mais irreverentes do Brasil se foi, deixando o País um pouco mais sisudo e sem graça. Poucos meses depois de estourar para o sucesso e se tornar uma das bandas mais populares do país, as vidas de Dinho, Samuel, Sérgio, Júlio e Bento terminaram em um trágico acidente na Serra da Cantareira, em São Paulo, no dia 2 de março de 1996.

A história de diversão e talento desses rapazes é bem conhecida do público brasileiro, mas agora poderá ser conferida na tela grande. O documentário Mamonas pra sempre (Europa Filmes), previsto para chegar aos cinemas em 10 de junho, refaz o caminho que levou a banda Utopia, nascida no Parque Cecap, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, a virar os Mamonas Assassinas.

O diretor Cláudio Kahns contou com um vasto material cedido pelas famílias dos músicos. Ali estão os primeiros shows, as brincadeiras de bastidores, a viagem para Los Angeles para mixar o primeiro disco. Um pouco de tudo do que foi registrado pelos próprios meninos.

O filme conta ainda com o depoimento apimentado do produtor musical Rick Bonadio – criador de bandas de sucesso (Fresno, NxZero, CPM22, Bro’z) e quem deu a primeira chance aos Manonas. Atualmente jurado do programa Ídolos, da Rede Record, Rick contesta algumas informações da família e de amigos, como a de que não havia brigas entre os integrantes do grupo. Além disso, não faz nenhuma cerimônia ao definir a personalidade de cada um. “Bento era o melhor músico da banda. Ele conduzia os arranjos”, diz, ao se referir ao guitarrista japonês. “Sérgio era imaturo, arrumava confusão por tudo”, dispara.

A primeira apresentação do grupo no ginásio Pascoal Thomeu, em Guarulhos, é um dos ápices do longa. Em um desabafo, o vocalista Dinho relembra quando, anos antes, foi impedido de tocar com a banda no local por não serem conhecidos. “Nunca desistam dos seus sonhos”, disse Dinho, em meio a muitos palavrões.

Na esteira do documentário, vem aí uma overdose de Mamonas. Esão programados, além do filme, o lançamento de um álbum de figurinhas e uma revista sobre o grupo. O diretor Cláudio Kahns ainda planeja fazer um filme de ficção e uma minissérie de TV com o material que coletou.

Enquanto isso, a partir de junho, os brasileiros já vão poder matar um pouco as saudades dos caras que entoaram o besteirol como ninguém e que emplacaram hits como Robocop Gay,Vira, Pelados em Santos e Jumento Celestino.

Assista trechos de Mamonas para sempre:

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email