Marieta Severo diz nunca ter sentido uma angústia cívica tão profunda

Como “alguém defende um regime que coloca um cano de descarga na boca de um jovem e sai arrastando ele pelo quartel?”, pergunta a atriz se referindo ao caso de Stuart Angel

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)


Revista Fórum - A atriz Marieta Severo afirmou em entrevista ao jornal O Globo, publicada neste domingo (22), não entender como “alguém defende um regime que coloca um cano de descarga na boca de um jovem e sai arrastando ele pelo quartel?” Marieta se referia, sem citar o nome, ao presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e ao caso do assassinato de Stuart Angel, filho da estilista Zuzu Angel, que era sua amiga.

“Nunca senti uma angústia cívica tão profunda, apesar de ser de uma geração que viveu a ditadura. Sei o que é ter uma barreira diante dos sonhos, do melhor do país, impedindo a gente de florescer em plena juventude. Aqueles tanques na rua (sobre o desfile recente de tanques em Brasília). Como alguém defende um regime que coloca um cano de descarga na boca de um jovem e sai arrastando ele pelo quartel?”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Continue lendo na Fórum

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email