Nelson Pereira dos Santos foi um cineasta que amou o Brasil

O cineasta Nelson Pereira dos Santos, morto aos 89 anos neste último sábado em consequência de um câncer, era um apaixonado pelo Brasil, segundo o ex-ministro e atual secretário de Cultura de Belo Horizonte, Juca Ferreira; "Nelson Pereira dos Santos inventou um jeito brasileiro de fazer cinema e um jeito cinematográfico de amar o Brasil; essa é uma luz que não se apaga", disse o ex-ministro da cultura

Nelson Pereira dos Santos
Nelson Pereira dos Santos (Foto: Gustavo Conde)

247 - O cineasta Nelson Pereira dos Santos, morto aos 89 anos neste último sábado em consequência de um câncer, era um apaixonado pelo Brasil, segundo o ex-ministro e atual secretário de Cultura de Belo Horizonte, Juca Ferreira. "Nelson Pereira dos Santos inventou um jeito brasileiro de fazer cinema e um jeito cinematográfico de amar o Brasil. Essa é uma luz que não se apaga", disse o ex-ministro da cultura.

"Rio 40 GrausRio Zona NorteBoca de OuroVidas SecasMemórias do Cárcere são alguns dos longas dirigidos por Nelson Pereira dos Santos, que morreu neste sábado (21), em consequência de um câncer, no Rio de Janeiro, aos 89 anos. Paulistano, completaria 90 em outubro. "O Nelson inventou a maneira de fazer cinema no Brasil", disse, por exemplo, Cacá Diegues. "É um dos construtores deste pais", afirmou Caetano Veloso, para quem o autor trouxe "um núcleo que faltava" ao cinema nacional."

Leia mais aqui, na matéria da Rede Brasil Atual.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247