Netflix e Emicida lançam documentário 'AmarElo - É Tudo Pra Ontem' em dezembro

Dirigido por Fred Ouro Preto, o documentário anunciado pela Netflix "AmarElo - É Tudo Pra Ontem", de Emicida, destacará momentos históricos importantes como o ato de fundação do Movimento Negro Unificado (MNU), em 1978, pela valorização da cultura e de direitos do povo negro. O filme será lançado no dia 8 de dezembro

Emicida
Emicida (Foto: Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Netflix anunciou nesta terça-feira (13) a produção do documentário "AmarElo - É Tudo Pra Ontem", de Emicida. Dirigido por Fred Ouro Preto, o filme, que será lançado no dia 8 de dezembro, terá animações, entrevistas e cenas de bastidores. Também destacará momentos históricos importantes como Semana de Arte Moderna de 1922, e o ato de fundação do Movimento Negro Unificado (MNU), em 1978, pela valorização da cultura e de direitos do povo negro. 

"São quatro décadas que separam a nossa ascensão ao palco do Theatro Municipal do encontro das pessoas do MNU naquelas escadarias. Então subir ali e gritar 'obrigado, MNU' pro mundo é para que eles saibam que é da luta deles que nasce um sonhador como o Emicida", disse o rapper, segundo relato publicado pelo jornal Folha de S.Paulo

"Quando eu cheguei aqui, tudo era impossível, qualquer coisa que falávamos era tida como problemática e improvável de se realizar. Hoje, não é mais. E é dessa forma que quero que lembrem do meu nome no futuro, como alguém que sabia que o impossível era grande, mas não maior que si. O palco do Municipal abrigou alguns dos mais importantes movimentos da arte do planeta e acho que caminhamos para ser isso", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247