CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Cultura

O Climax por Marina Lima

Com muitas parcerias e temas sensuais, a cantora carioca se supera em seu novo trabalho, Climax, o 19 lbum de sua carreira. Oua No me venha mais com amor e Pra sempre

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Natália Rangel_247 - Mais carioca entre as cariocas, a cantora Marina Lima, 55 anos, quem diria, adotou São Paulo como residência. Ela escolheu o bairro de Higienópolis para morar e a cidade para produzir, gravar e lançar o seu novo álbum, Climax, assim mesmo sem acento. Entre as diversas parcerias deste novo trabalho, estão as canções Não me venha mais com amor, letra anti-romântica de Adriana Calcanhoto, e primeira faixa do disco, e a ótima Pra sempre, assinada com Samuel Rosa, do Skank, mais uma experiência de Marina com os sons eletrônicos em um hit bem urbano e moderno. 

A artista também faz um dueto com Vanessa da Mata em A parte que me cabe, e com Karina Buhr, em Desencantados. Ela ainda canta à meia voz, não recuperou totalmente o vigor que tinha antes de seus problemas vocais, mas nesse CD tudo se harmoniza melhor, sua voz, os arranjos e as felizes parcerias. Compositora desde os 17 anos, Marina realizou um trabalho autoral, compôs quase todas as faixas, o que não fazia desde a interrupção de suas parcerias com o irmão Antonio Cícero, com quem eternizou hinos pop dos anos 1980 como “Charme do Mundo”, “Fullgás”, “Difícil”, “Pra Começar” e “Virgem”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO