O Kafka de cabeceira de Aécio é “A Metamorfose”, não “O Processo”

"Em uma gelada manhã de junho Aecio Samsa acordou transformado numa repulsiva barata", escreveu Fernando Morais, ao saber que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) dissera a aliados viver uma situação "kafkiana"; Aécio, decerto, se referia a "O Processo", mas sua história se encaixa mais com "A Metamorfose"

"Em uma gelada manhã de junho Aecio Samsa acordou transformado numa repulsiva barata", escreveu Fernando Morais, ao saber que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) dissera a aliados viver uma situação "kafkiana"; Aécio, decerto, se referia a "O Processo", mas sua história se encaixa mais com "A Metamorfose"
"Em uma gelada manhã de junho Aecio Samsa acordou transformado numa repulsiva barata", escreveu Fernando Morais, ao saber que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) dissera a aliados viver uma situação "kafkiana"; Aécio, decerto, se referia a "O Processo", mas sua história se encaixa mais com "A Metamorfose" (Foto: Leonardo Attuch)

247 – "Em uma gelada manhã de junho Aecio Samsa acordou transformado numa repulsiva barata", escreveu Fernando Morais, em seu Facebook, ao saber que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) dissera a aliados viver uma situação "kafkiana" (leia aqui).

Aécio, decerto, se referia a "O Processo", mas sua história se encaixa mais com "A Metamorfose".

O senador tucano, como todos sabem, se aliou a Eduardo Cunha, hoje condenado a 15 anos de prisão, para golpear a democracia e liderar um golpe parlamentar que arruinou o Brasil e, depois de ser flagrado num esquema de propinas de R$ 2 milhões da JBS, terá seu pedido de prisão julgado na próxima terça-feira.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247