O vídeo da epilepsia

Um polmico vdeo do cantor Kanye West, chamado "All of the lights", desencadeia onda de surtos epilpticos

O ritmo frenético de imagens e cores no mais recente videoclipe do rapper Kanye West, que tem a participação da cantora Rihanna, causou convulsões e surtos de epilepsia em seu lançamento nos EUA. Organizações britânicas e americanas ligadas ao estudo da epilepsia lançaram alerta solicitando a retirada do clipe do ar. Não foram atendidas no veto a exibição, mas uma tarja vermelha com recomendações médicas foi acrescentada à parte inferior do vídeo de All of the Light, pivô da polêmica.

Esta não é a primeira produção artística com efeitos colaterais sobre a saúde do espectador. No lançamento de Avatar, em 2009, registraram -se casos de desmaios, náuseas e vômito entre espectadores americanos e brasileiros. O efeito 3D criou uma atmosfera vertiginosa que tornou o filme não indicado para pessoas com pressão alta, problemas cardíacos ou epilépticas. A estreia de 127 horas, filme indicado ao Oscar desse ano, também foi marcada por episódios de desmaios e náusea provocados pela sensação de claustrofobia e extremo realismo na história do alpinista que precisa amputar o próprio braço para sobreviver.

Assista ao vídeo:

Ao vivo na TV 247 Youtube 247