Procon-SP suspende venda de ingressos para show da Madonna

Empresa T4F, que j havia sido notificada pela Fundao por irregularidades, cobra taxa de convenincia para compras via internet e telefone e pratica a pr-venda, atividade considerada descriminatria pelo rgo

Procon-SP suspende venda de ingressos para show da Madonna
Procon-SP suspende venda de ingressos para show da Madonna (Foto: REUTERS/Andrew Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Assessoria de imprensa Procon-SP – Depois de notificar a T4F Entretenimentos S/A, responsável pela comercialização dos ingressos para o show da popstar Madonna em São Paulo, a Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça, determinou a suspensão das vendas, a partir da 0h da próxima segunda-feira (23), até que a empresa corrija irregularidades encontradas pela fiscalização. A empresa já recebeu a intimação sobre a decisão, na tarde desta sexta-feira (20).

O órgão deu prazo até o início da tarde de quinta-feira (19) para que a T4F deixasse de cobrar a taxa de conveniência – pois não existe“conveniência” efetiva ao consumidor, que ao comprar pela internet ou telefone, ainda tem que pagar pela entrega do ingresso –e realizar a pré-venda, atividade considerada discriminatória pelo órgão de defesa do consumidor do Estado. “A empresa tem que corrigir a conduta para continuar vendendo os ingressos sem lesar o consumidor”, explica o diretor de fiscalização do Procon-SP, Renan Ferraciolli.

Além da medida, a empresa será autuada e poderá pagar multa entre R$ 400 a R$ 6,5 milhões, com prazo de 15 dias para apresentar defesa.

AT4F é reincidente em práticas abusivas na venda de ingressos e já foi autuada em mais de 4 milhões nos últimos dez anos. Mesmo alertada durante reunião realizada em março deste ano com o Ministério Público (MP-SP) e Procon-SP – da qual também participaram Livepass, Ingresso Fácil e Plan Produções, não modificou a conduta.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email