Programa da TV 247 homenageia Milton Nascimento

Hoje, às 14h, ao vivo pela TV 247, o Pocket Show da Resistência Democrática homenageia Milton Nascimento, ícone da cultura brasileira; o programa é apresentado pelo colunista Gustavo Conde e pelo editor do 247 Leonardo Attuch; Conde tocará e cantará as composições de Milton Nascimento ao violão e ambos os apresentadores comentarão as letras dos canções em meio aos significados políticos que atravessam o país neste momento; segundo Conde, o repertório está visceral e político; a emoção promete ser forte porque as letras evocam muitos significados deste momento em que a nossa sensibilidade com relação ao país e à democracia está exasperada

Programa da TV 247 homenageia Milton Nascimento
Programa da TV 247 homenageia Milton Nascimento

247 – Hoje, às 14h, ao vivo pela TV 247, o Pocket Show da Resistência Democrática homenageia Milton Nascimento, ícone da cultura brasileira. O programa é apresentado pelo colunista Gustavo Conde e pelo editor do 247 Leonardo Attuch. Conde tocará e cantará as composições de Milton Nascimento ao violão e ambos os apresentadores comentarão as letras dos canções em meio aos significados políticos que atravessam o país neste momento. Segundo Conde, o repertório está visceral e político. A emoção promete ser forte porque as letras evocam muitos significados deste momento em que a nossa sensibilidade com relação ao país e à democracia está exasperada.

As parcerias de Milton com Fernando Brant prevalecem no conjunto do repertório selecionado, mas há também parceiras com Ronaldo Bastos, Chico Buarque, Caetano Veloso, Lô e Márcio Borges e a belíssima canção de Paulo Jobim e Ronaldo Bastos ‘Olho d’Água’, do álbum Clube da Esquina 2, de 1978.

Para Gustavo Conde, Milton Nascimento é uma chave de intepretação da cultura do povo brasileiro, sua religiosidade, seus sentimentos exacerbados de pertença cultural, de amor pela arte e pelas cifras de amizade e amor que permeiam toda a nossa sociedade desde tempos coloniais.

É essa linha que a conexão com o universo político do presente será feito. Milton representa o sentimento à flor da pele, seja ele político ou passional. A dor está muito presente na obra de Milton e essa dor tem relação cultural com a dor política que atravessa o Brasil neste momento.

Abaixo, a sequência das canções que serão tocadas no programa:

1. Canção da América (Milton/Brant – 1979)
2. Cravo e Canela (Milton/Bastos – 1976)
3. Travessia (Milton/Brant – 1967)
4. Olho d’água (Ronaldo Bastos/Paulo Jobim – 1978)
5. Bailes da vida (Milton/Brant – 1981)
6. E daí (Milton/Ruy Guerra – 1978) 
7. Nada será como antes (Milton/Bastos – 1976) 
8. Calix Bento (Adaptação: Tavinho Moura – 1976) 
9. Paula e Bebeto (Milton/Caetano – 1975)
10. Cálice (Chico Buarque/Gil – 1973) 
11. Certas Canções (Milton/Tunai – 1982)
12. Coração Civil (Milton/Brant – 1981)
13. Morro Velho (Milton – 1967) 
14. O Cio da Terra (Milton/Chico 1979) 
15. Maria Maria (Milton/Brant – 1978) 
16. Paisagem na Janela (Lô/Brant – 1972)
17. Para Lennon e McCartney (Lô/Brant/Márcio – 1970)
18. O que foi feito de Vera (Milton/Brant – 1978)
19. Encontros e Despedidas (Miltn/Brant – 1985) 
20. Ponta de Areia (Milton/Brant – 1975) 
21. Fé Cega Faca Amolada (Milton/Bastos – 1975) 
22. Caçador de Mim (Sérgio Magrão/ Luis Carlos Sá – 1981)
23. Raça (Milton/Brant – 1985)

Inscreva-se na TV 247 e assista ao último Pocket Show, que vai ao ar toda a sexta-feira: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247