'Quem deu, deu. Quem não deu não Damares', debocha bloco de BH

Em Belo Horizonte (MG), a politização - que novamente deverá ser uma das marcas do Carnaval - já começou com o bloco 'Quem deu, deu. Quem não deu não Damares', referência à campanha de abstinência sexual da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves

(Foto: Fabio Pozzebom - ABR)

Revista Fórum - O deboche político no Carnaval de 2020 já começou. Está sendo organizado para o carnaval de rua de Belo Horizonte (MG) o bloco “Quem deu, deu. Quem não deu não Damares”, devido à campanha de abstinência sexual que será lançada pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Os organizadores se utilizam do fato que a campanha será lançada em fevereiro para relacionar com o trocadilho.

Leia na íntegra na Revista Fórum

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247