Rock in Rio prepara novas edições na América Latina

Criador do festival pretende levá-lo ao Peru e ao México, e diz que, apresar da crise europeia, manterá edição espanhola. Lisboa recebe atrações a partir deste fim de semana

Rock in Rio prepara novas edições na América Latina
Rock in Rio prepara novas edições na América Latina (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O empresário Roberto Medina, criador do Rock in Rio, disse que Peru e México podem ser os próximos países a receber, em 2014, edições do festival de música mais celebrado na América Latina. Já no braço europeu do Rock in Rio, os negócios não vão tão bem. Mas, em entrevista à agência Efe, o empresário descartou extinguir o festival na Espanha por causa da crise europeia. A edição de Lisboa, que foi a primeira sediada fora do Brasil, começou neste sábado com o som pesado de Metallica, Sepultura e Mastodon. As atrações principais desta edição serão Smashing Pumpkins, Linkin Park e The Offspring. De 1 a 3 de junho, será a vez de Bruce Springsteen, Lenny Kravitz, Stevie Wonder, Brian Adams e Maroon 5 tocarem na capital portuguesa.

Medina disse à Efe que as conversas com as autoridades peruanas foram as que mais avançaram. Também há negociações com a Colômbia, outro candidato latino-americano a receber o evento. O festival também será realizado na Argentina em 2013.

"Como o mercado de patrocínios é um pouco menor no Peru, assim como a população para shows, se realizarmos o festival por lá, será em um fim de semana, algo como sexta-feira, sábado e domingo", projeta o empresário. "No México, não, seria o modelo brasileiro de sete dias".

Em Lisboa e Madri, por outro lado, os reflexos da crise já são motivo de preocupação para a organização do Rock in Rio, em especial a Espanha, "país menos acostumado a lidar com recessões do que Brasil ou Portugal", avalia Medina.

Medina, que vendeu para o bilionário Eike Batista metade da empresa que é dona da marca Rock in Rio, também estuda a possibilidade de levar o Rock in Rio a Berlim e aos Estados Unidos. "Os Estados Unidos são um grande desafio, porque a comunicação é muito complexa", comenta Medina. "Como sou um homem de propaganda, me assusto com os EUA".

O Rock in Rio nasceu no Rio de Janeiro, em 1985, e depois chegou a Portugal e Espanha. Medina diz que gostaria de ver os Rolling Stones tocarem no festival. Desde o início, o evento teve dez edições, quatro no Rio e em Lisboa, e duas em Madri. A próxima parada é Buenos Aires, no ano que vem. O Rock in Rio em Madri acontece de 29 de junho a 7 de julho.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247