Scarlett só quer cantar

Cada vez mais ligada msica, a atriz j lanou dois CDs e agora anuncia parceria no novo lbum da banda Massive Attack. Assista ao vdeo de "Relator", do seu ltimo disco

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Natália Rangel_247 - Atores e atrizes que ficam famosos também como bons cantores são já uma tradição no mundo cinematográfico. Marlene Dietrich, Judy Garland, Fred Astaire, Liza Minelli são apenas alguns nomes de uma interminável galeria. Mais recentemente foi Juliette Lewis quem migrou dos estúdios de cinema para os de música com a sua banda Juliette and the Licks que se apresentou aqui no Brasil em 2009. A atriz-cantora do momento é Scarlett Johansson – indicada quatro vezes ao Globo de Ouro e vencedora do Bafta e do festival de Veneza como melhor atriz por Encontros e Desencontros, Scarlett está levando a sério sua carreira de cantora. Depois de uma bem sucedida experiência há três anos, quando lançou o bom CD Anywhere I lay my head, em que interpreta canções de Tom Waits, a atriz gravou Break up, em parceria com o músico Pete Yorn (assista ao vídeo).

Entre as faixas que se destacam de ambos os álbuns estão a etérea Falling down (que traz um registro real de grilos cricrilando) e Relator, com Pete Yorn, em que Scarlett está impecável com sua voz que parece um murmúrio rouco e afinado, muito apropriada ao rock singelo das faixas. No álbum cover do Tom Waits, Scarlett contou com colaboradores especiais, como os músicos do TV on the Radio e do Yeah Yeah Yeahs, duas bandas influentes no cenário roqueiro. A última investida da atriz acontece este mês, quando ela entra em estúdio para gravar participações no novo álbum do grupo britânico Massive Attack. Entre os seus trabalhos com a banda está a trilha sonora para o filme mexicano Days of Grace, de Everardo Gout, que estreou na semana passada em Cannes. Ela canta uma versão de Summertime, o clássico de Georges Gershwin. Além disso, a artista está na trilha do documentário Wretches & Jabberers, que fala sobre dois amigos autistas.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email