Twitter é condenado a pagar R$ 380 mil a Caetano por não tirar posts de Feliciano

Em uma nova decisão, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o Twitter deverá pagar R$ 380 mil ao compositor Caetano Veloso por causa do descumprimento de uma ordem judicial, de acordo com a coluna de Lauro Jardim. Em março, foi decidido que a rede social deveria tirar do ar posts em que o deputado federal Marco Feliciano ofende o artista

Twitter é condenado a pagar R$ 380 mil a Caetano por não tirar posts de Feliciano
Twitter é condenado a pagar R$ 380 mil a Caetano por não tirar posts de Feliciano (Foto: Dir.: Cleia Viana - Câmara)

247 - Em uma nova decisão, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o Twitter deverá pagar R$ 380 mil ao compositor Caetano Veloso por causa do descumprimento de uma ordem judicial, de acordo com a coluna de Lauro Jardim. Em março, foi decidido que a rede social deveria tirar do ar posts em que o deputado federal Marco Feliciano ofende o artista.

Em outra decisão, em abril, exigiu que o Twitter pagasse R$ 220 mil a Caetano pelo mesmo motivo, não tirar publicações do ar. A empresa, nunca pagou o valor. O Twitter pode recorrer da decisão.

A batalha judicial entre Caetano e Feliciano começou em dezembro, quando o pastor se referiu ao músico como "pedófilo". O pontapé inicial da discussão foi a performance "La bête", encenada no Museu de Arte Moderna (MAM-SP). O cantor defendeu a exposição, alvo de manifestações de setores conservadores por conter nudez. 

Conheça a TV 247

Mais de Cultura

Ao vivo na TV 247 Youtube 247