Um marco na TV brasileira

Transmisso ao vivo do show de Paul McCartney por um portal de internet, o Terra,quebra paradigmas e abre uma nova era de acesso informao; daqui para a frente, megaeventos podero ser transmitidos sem passar pelas grandes emissoras

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Attuch_247 – Em 1950, a TV Tupi, do magnata Assis Chateaubriand, estreou no Brasil. Em 1953, teve início o Repórter Esso, inaugurando o telejornalismo no Brasil. Em 1960, com o videoteipe, foi possível transmitir a inauguração de Brasília em todo o País. Em 1969, a Globo edita o primeiro Jornal Nacional. Em 1972, pela TV Difusora, ocorre a primeira transmissão em cores. Em 1990, o Canal + é o primeiro da tevê a cabo brasileira. E na noite de ontem, 22 de maio de 2011, também ficará registrado um marco histórico: pela primeira vez, um portal de internet, transmitiu ao vivo (e em alta definição), um megaevento internacional – e para dezenas de milhões de pessoas. Deve-se o feito ao portal Terra, que transmitiu o show de Paul McCartney para toda a América Latina, através do Canal Sonora. E o mais interessante é que milhões de pessoas, que assistiam ao show em casa, podiam compartilhar suas experiências por meio do Facebook.

Apoiada por anunciantes de peso, como Bradesco, Ambev e Fiat, a iniciativa do Terra tende a se repetir em muitos outros eventos, quebrando um monopólio que, até a noite de ontem, era das grandes emissoras de televisão. O próprio Paul McCartney, carismático como sempre, em vários momentos chegou a pedir que a plateia, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, saudasse todos aqueles que assistiam ao show pela internet. Com mais de duas horas de duração, a apresentação começou com “Hello, Goodbye”, e passou por clássicos como “Something”, “Let it Be”, “A Day in the Life”, “Eleanor Rigby” e “BlackBird”, composta, segundo Paul, para homenagear a luta dos negros pelos direitos civis nos Estados Unidos.

Há um mês, o Terra havia feito uma primeira experiência com um show do U2, cujo áudio foi transmitido para toda a América Latina, com 612 mil pessoas assistindo online. Desta vez, foi tudo: som, imagem, tela em alta definição e tudo o que era possível. Milhões de pessoas, em toda a América Latina, puderam assistiu ao show em seus computadores, iPhones, iPads, Galaxy, Xoom e outros tablets.

Se o saldo foi muito positivo para o Terra, não se pode dizer o mesmo das operadoras de telefonia. A grande queixa de muitos internautas, que comentavam o show pelo canal do Facebook, estava relacionada à precariedade das conexões brasileiras, que raramente entregam o que está contratado. No dia em que o Brasil efetivamente tiver banda larga de qualidade, uma das promessas do governo Dilma, estará quebrado o monopólio das televisões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email