Verissimo: descaso com presos vem dos tempos da chibata

"Tanto a nossa falta de empatia quanto o descaso das autoridades, que gera o horror, vem do nosso passado escravocrata, do tempo da chibata. Persiste um sentimento não declarado, mas evidente, de que criminoso tem que sofrer mesmo, que condições mais humanas nos cárceres são um luxo imerecido", diz o escritor Luis Fernando Verissimo, ao comentar a tragédia de Manaus

"Tanto a nossa falta de empatia quanto o descaso das autoridades, que gera o horror, vem do nosso passado escravocrata, do tempo da chibata. Persiste um sentimento não declarado, mas evidente, de que criminoso tem que sofrer mesmo, que condições mais humanas nos cárceres são um luxo imerecido", diz o escritor Luis Fernando Verissimo, ao comentar a tragédia de Manaus
"Tanto a nossa falta de empatia quanto o descaso das autoridades, que gera o horror, vem do nosso passado escravocrata, do tempo da chibata. Persiste um sentimento não declarado, mas evidente, de que criminoso tem que sofrer mesmo, que condições mais humanas nos cárceres são um luxo imerecido", diz o escritor Luis Fernando Verissimo, ao comentar a tragédia de Manaus (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em artigo publicado nesta quinta-feira, o escritor Luis Fernando Verissimo aponta as origens do descaso brasileiro com a população carcerária.

"Tanto a nossa falta de empatia quanto o descaso das autoridades, que gera o horror, vem do nosso passado escravocrata, do tempo da chibata. Persiste um sentimento não declarado, mas evidente, de que criminoso tem que sofrer mesmo, que condições mais humanas nos cárceres são um luxo imerecido. Vale lembrar que os policiais acusados pelas mortes no Carandiru foram absolvidos", diz ele. 

"Em Manaus, duas facções se enfrentaram ferozmente, e os perdedores foram mortos e, em muitos casos, desmembrados. Você lê a notícia terrível e tenta pensar em algum alento. Eram bichos, não eram homens. Não tenho nada a ver com eles. Somos de raças diferentes, vivemos em países diferentes. Mas o consolo não funciona. Sou da raça dos responsáveis pelo que eles se tornaram."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247