(vídeo) Zélia Duncan sobre Regina Duarte no governo Bolsonaro: 'sentimento de traição'

Cantora lembra da personagem Malu Mulher, representado por Regina Duarte no final dos anos 1970. "Uma mulher de luta, uma mulher que sabe como é difícil ser mulher. A Malu não pode nos trair. E foi esse o sentimento que eu tive"

Zélia Duncan e Regina Duarte
Zélia Duncan e Regina Duarte (Foto: Reprodução)

247 - Em mais um vídeo que viralizou nas redes sociais, a cantora e compositora Zélia Duncan mandou um recado para a atriz Regina Duarte, que deve ser nomeada Secretária de Cultura do governo de Jair Bolsonaro no final da próxima semana.

Em sua fala no vídeo, a cantora lembra da personagem Malu Mulher, representada por Regina Duarte no final dos anos 1970. A personagem era Maria Lúcia Fonseca, uma socióloga paulista, divorciada e mãe de uma menina de 12 anos.

"Por isso foi tão chocante ver a Regina apoiar um candidato completamente misógino, com um discurso machista e de extrema-direita. Não é só porque estava indo de encontro com o que a gente pensava e queria, um pensamento mais progressista e humanista, mas porque era a Regina, a Malu Mulher! Uma mulher de luta, uma mulher que sabe como é difícil ser mulher. A gente tem que se transformar todo dia. A Malu não pode nos trair. E foi esse o sentimento que eu tive e quiçá muitas mulheres tiveram, quiçá muitos homens também. De traição", diz.

"A Regina Duarte, assim como entregou sua força e seu talento para aquela personagem, infelizmente se entregou num discurso completamente distópico, que nos fere", completa a cantora. "Pra mim é muito difícil acreditar que ela vá realmente fazer a classe artística se reconciliar de alguma maneira", diz ainda.

Assista:

Ver essa foto no Instagram

ZD Zóionozóio

Uma publicação compartilhada por Zélia Duncan (@zeliaduncan) em

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247