Zé de Abreu lança vaquinha para pagar Albert Einstein

Abreu publicou nas redes sociais um comentário que associava a facada em Bolsonaro a uma suposta conspiração envolvendo o Mossad, serviço secreto israelense, e o hospital

Zé de Abreu: sou do tempo que general não tinha chilique, tinha decência
Zé de Abreu: sou do tempo que general não tinha chilique, tinha decência (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum – Uma campanha virtual foi lançada para ajudar o ator José de Abreu a pagar uma indenização ao hospital Albert Einstein. Militante do Partido dos Trabalhadores, Abreu publicou nas redes sociais um comentário que associava a facada em Bolsonaro a uma suposta conspiração envolvendo o Mossad, serviço secreto israelense, e o hospital. Apagou a postagem logo depois. Ainda assim, foi acionado pelo hospital e perdeu em primeira instância. Zé de Abreu poderá recorrer da decisão.

A condenação diz que o ator terá que pagar R$ 20 mil para a unidade de saúde. A campanha, que foi iniciada neste domingo (7), para arrecadação do dinheiro vai até o dia 5 de outubro.

Leia a íntegra na Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email