4 anos sem aumento real: governo prevê salário mínimo em R$ 1.302 em 2023

Em julho deste ano, o salário mínimo deveria ter sido de R$ 6.388,55, ou 5,27 vezes o mínimo atual, de R$ 1.212, segundo o Dieese

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)


247, CUT - O governo Jair Bolsonaro (PL) vai propor um salário mínimo de R$ 1.302 para 2023, informou a Folha de S.Paulo. Com isso, não haverá aumento real pelo quarto ano seguido. Desde 2019, o atual governo tem optado por apenas recompor a variação do INPC (inflação).

Segundo a Folha, a nova previsão para o salário mínimo constará no envio da proposta de Orçamento para o ano que vem.

Salário mínimo segundo o Dieese

Em julho deste ano, o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 6.388,55, ou 5,27 vezes o mínimo atual, de R$ 1.212, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

A estimativa leva em consideração a determinação constitucional que estabelece que o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email