41% dos moradores de favelas que pediram o auxílio emergencial não receberam nenhuma parcela

Pesquisa realizada pelo DataFavela apontou, ainda, que 80% dos moradores viram sua renda cair para menos da metade do período que antecedeu a pandemia do novo coronavírus

(Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa realizada pelo DataFavela, fruto de uma parceria da Central Única de Favelas (CUFA) com o Instituto Locomotiva, aponta que sete de cada dez moradores de favelas pediram o auxílio emergencial do governo federal para enfrentar a pandemia. Deste total 41% não receberam nenhuma parcela do  benefício. 

Segundo reportagem do blog do jornalista Lauro Jardim, a pesquisa revelou, ainda, 80% dos moradores destas comunidades viram sua renda ser reduzida para menos da metade do período que antecedeu a pandemia. Ainda conforme o levantamento, outros 11%% perderam metade da renda, 5% perderam um pouco e apenas 4% mantiveram o mesmo nível de rendimento. 

A pesquisa ouviu 3.221 moradores de 239 favelas de todo o Brasil entre os dias 16 e 22 de junho. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247