A força da transparência

Melhorias em governana corporativa anunciadas pelas Mundial e pela Ultrapar so bem recebidas pelo mercado

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247,  Lu Miranda – Nesta quarta-feira (6), os investidores deram mais uma prova de que transparência dentro das companhias é sempre muito bem recompensada. As ações da Mundial dispararam. Parece exagero, mas não é. Na primeira parte dos negócios, no período da manhã, os papéis ON (MNDL3) subiram mais de 28%. As ações PN (MNDL4) alcançaram valorização superior a 26% e conseguiram o feito de ficar perto de outros papéis com muita liquidez no mercado como Vale, Gerdau e Cyrela, entre as ações mais negociadas do dia.

O motivo foi um comunicado da empresa aos acionistas de que a Mundial vai aderir ao Nível 1 de governança corporativa preconizado pela BM&FBovespa. A mudança deve ocorrer ainda este ano. Para isso, vai passar uma tesourinha em suas ações, ou seja, desdobrar os papéis da companhia na proporção de quatro novos para cada um atualmente existente. Ainda de acordo com o comunicado, “o conselho de administração entende que dessa maneira a companhia irá melhorar suas práticas de governança e aumentar a liquidez de suas ações." A Mundial não anunciou quando haverá o desdobramento de ações.

Ultrapar no Novo Mercado

Outra empresa que também anunciou novidades em governança corporativa foi a Ultrapar. O grupo pretende se ajustar às regras do Novo Mercado, nível máximo de qualidade de gestão de empresas de acordo com exigências da BM&FBovespa. Desta forma, a família Igel e os principais executivos deixam de ter o controle absoluto dos negócios para dividir o comando com os outros acionistas. Hoje, a holding tem 66% das ações com direito a voto. Com a mudança, ficará com 24%. A Ultra é a segunda maior distribuidora de combustíveis do país com os postos Ipiranga. Nesta quarta-feira, as ações (UGPA4) tiveram alta perto de 0,50% nas primeiras horas de negócios na bolsa.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email