A Petrobras e uma intriga entre Lula e Dilma

Se Gabrielli deixou esqueletos como chefe da estatal, a então ministra da Casa Civil era presidente do conselho

A Petrobras e uma intriga entre Lula e Dilma
A Petrobras e uma intriga entre Lula e Dilma (Foto: Montagem/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Ao que tudo indica, havia esqueletos no armário da Petrobras. E esse discurso, alimentado por Graça Foster, deve fazer com que a empresa consiga um reajuste considerável nos preços da gasolina.

Sabe-se ainda que Lula, assim como boa parte do PT, ainda não digeriu a demissão de José Sergio Gabrielli da empresa. A esse respeito, o colunista Ilimar Franco, do Globo, narra uma história com uma boa intriga que envolve Lula, a presidente Dilma Rousseff e a estatal. Leia:

O pai da criança

O caso conto como contaram. Um integrando do governo critica para o ex-presidente Lula a “má gestão de Sergio Gabrielli na Petrobras”, por causa do prejuízo de R$ 1,3 bilhão. Depois de ouvir, Lula responde com a pergunta: “Ué, mas na época dele a presidente do Conselho de Administração da Petrobras era a presidente Dilma”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email