Abilio Diniz: “Governo precisa proporcionar retomada de investimentos”

Durante palestra na Expert 2016, maior evento da América Latina para profissionais de investimento, o emprsário Abilio Diniz, presidente do conselho de administração da BRF e da Península Participações disse que o governo Temer precisa proporcionar as condições para retomada dos investimentos; "O empresário precisa adquirir confiança de novo e voltar a investir. Há muito dinheiro para ser investido. O governo tem que dar condição para isso e os empresários administrar bem suas empresas", disse

SAO PAULO-SP 9.6.2009 - ECONOMIA - ABILIO DINIZ - O empresario Abilio Diniz, dono da rede Pao de Acucar, em seu escritorio na Av. Brigadeiro Luiz Antonio. Foto FILIPE ARAUJO/AE
SAO PAULO-SP 9.6.2009 - ECONOMIA - ABILIO DINIZ - O empresario Abilio Diniz, dono da rede Pao de Acucar, em seu escritorio na Av. Brigadeiro Luiz Antonio. Foto FILIPE ARAUJO/AE (Foto: Aquiles Lins)

Do Infomoney - "O Brasil vive um bom momento, um momento de esperança", disse o megaempresário Abilio Diniz, presidente do conselho de administração da BRF e da Península Participações, nesta sexta-feira (24) em palestra na Expert 2016, maior evento da América Latina para profissionais de investimento.

Para Abilio, o presidente em exercício Michel Temer tem nas mãos hoje a chance de colocar o Brasil de volta aos trilhos do crescimento, caso consiga aprovar as reformas estruturais necessárias para desatar os nós da economia.

"Enquanto eles estiverem fazendo as coisas certas, temos que dar nosso apoio. Eles precisam disso. O empresário precisa adquirir confiança de novo e voltar a investir. Há muito dinheiro para ser investido. O governo tem que dar condição para isso e os empresários administrar bem suas empresas", disse.

Segundo Abilio, o Brasil perdeu o "timing" da indústria e precisa focar agora no sabe fazer e fazer bem. "O setor industrial não é competitivo. O agrobusiness do Brasil é um negócio fantástico. O País tem que olhar para isso e tratar com o maior carinho possível. O Brasil é um país de serviço. O Brasil tem que focar nas suas possibilidades e oportunidades", comentou.

O MAIOR ERRO E SUA REINVENÇÃO
Questionado sobre o maior erro de sua vida, Abilio disse que "foi ter feito o contrato que eu fiz em 2005 com o Casino. Mas eu o faria de novo, da mesma forma. Mas dessa vez eu contrataria direito. Meu erro foi negligenciado a preparação do contrato. Quando você contrata bem, não tem problemas". "Erros nós cometemos. O que não podemos fazer é cometê-los de novo", acrescentou. ""Escolham ser bons e acreditem nisso".

Sobre as dificuldades que passou, Abilio comentou que durante toda sua vida não teve nenhum momento que disse: "vou desistir". "Houve um momento, meu sequestro, que eu cheguei a titubear, mas fora isso acho que não desistimos. Quando temos determinação, garra, não desistimos. Temos que seguir em linha reta em direção ao nosso objetivo", disse.

Para ele, sua maior reinvenção foi "não trocar o Grupo Pão de Açúcar pela BRF - ou trocar vender legumes por vender galinha". "Minha reinvenção foi conseguir casar de novo e ter uma filha de 9 anos e um filho de 6. Isso pra mim é minha riqueza", complementou.

CRISE É OPORTUNIDADE PARA EXERCITAR VALORES
"Crise é oportunidade para exercitar os valores", disse Abilio. Para ele, as pessoas têm que saber olhar para o espelho e não para a janela quando a situação aperta. "A única coisa que nos derrota somos nós mesmos. Humildade é respeito, saber ouvir e ter consciência total que você não sabe tudo", disse.

Abilio encerrou sua apresentação pedindo a todos para acreditem em seu potencial. "Eu nunca fui excepcional, nunca tive um golpe espetacular na minha vida e tinha tudo para dar errado. Era filho de imigrantes português, meu pai era padeiro, quase fui menino de rua. Acreditem no que vocês podem ser, e lutem por isso", finalizou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247