Aécio: Levy é como um "espião da CIA para dirigir KGB"

Senador Aécio Neves (PSDB-MG) ironizou, nesta terça (25), a indicação do economista Joaquim Levy para comandar o Ministério da Fazenda no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff; ele afirmou que a ida de Levy para a Fazenda seria o mesmo que colocar um agente da norte-americana CIA no comando da soviética KGB; Aécio afirmou que estava pegando emprestada a comparação feita pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga

Senador Aécio Neves (PSDB-MG) ironizou, nesta terça (25), a indicação do economista Joaquim Levy para comandar o Ministério da Fazenda no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff; ele afirmou que a ida de Levy para a Fazenda seria o mesmo que colocar um agente da norte-americana CIA no comando da soviética KGB; Aécio afirmou que estava pegando emprestada a comparação feita pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga
Senador Aécio Neves (PSDB-MG) ironizou, nesta terça (25), a indicação do economista Joaquim Levy para comandar o Ministério da Fazenda no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff; ele afirmou que a ida de Levy para a Fazenda seria o mesmo que colocar um agente da norte-americana CIA no comando da soviética KGB; Aécio afirmou que estava pegando emprestada a comparação feita pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga (Foto: Valter Lima)

247 - O senador Aécio Neves (PSDB-MG) ironizou, nesta terça-feira (25), a indicação do economista Joaquim Levy para comandar o Ministério da Fazenda no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Ele afirmou que a ida de Levy para a Fazenda seria o mesmo que colocar um agente da norte-americana CIA no comando da soviética KGB.

Aécio afirmou que estava pegando emprestada a comparação feita pelo ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, coordenador de seu programa econômico nas eleições. 

"Sobre essa questão do Levy, eu acho que o mais adequado é a consideração que fez meu amigo Armínio Fraga que disse ver na indicação de Joaquim Levy algo como se um grande quadro da CIA fosse convocado para dirigir a KGB", afirmou a jornalistas.

Nos bastidores, tucanos afirmam que Levy colaborou informalmente com a campanha de Aécio e era cotado para a equipe de Armínio Fraga – coordenador do programa econômico tucano. O ex-secretário do Tesouro, hoje no Bradesco, foi aluno de Armínio. Os dois mantêm uma relação próxima.

Na campanha, Levy trocava ideias com Armínio sobre propostas para a área fiscal.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247