Anfavea: produção brasileira de veículos cai 23,5% em setembro ante agosto

A produção brasileira de veículos caiu 23,5 por cento em setembro ante agosto, para 223,1 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, refletindo recuo nas vendas internas e externas, informou Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea); na comparação com setembro de 2017, a produção teve queda de 6,3%  

Anfavea: produção brasileira de veículos cai 23,5% em setembro ante agosto
Anfavea: produção brasileira de veículos cai 23,5% em setembro ante agosto (Foto: Paulo Whitaker - Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - A produção brasileira de veículos caiu 23,5 por cento em setembro ante agosto, para 223,1 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, refletindo recuo nas vendas internas e externas, informou nesta quinta-feira Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Na comparação com setembro de 2017, a produção teve queda de 6,3 por cento. Com o resultado, no acumulado de janeiro a setembro, o volume produzido alcançou 2,19 milhões de unidades, 10,5 por cento acima do total montado no mesmo período do ano passado.

Os licenciamentos de veículos novos no mês passado caíram 14,2 por cento ante agosto e avançaram 7,1 por cento na comparação anual, para 213,3 mil unidades, segundo os dados da entidade. As vendas nos nove primeiros meses do ano somaram 1,85 milhão de veículos, 14 por cento a mais que o registrado um ano antes.

As exportações de veículos e máquinas agrícolas em setembro somaram 990 milhões de dólares, queda de 23,6 por cento ante agosto e de 28,6 por cento sobre um ano antes.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247