ANP terá de explicar garantia dada pela OGX

Agência aceitou pedido da petroleira do grupo do empresário Eike Batista de penhorar o óleo de Tubarão Martelo para participar do último leilão de áreas de exploração. O MP contestou a decisão porque o poço ainda não está em produção

ANP terá de explicar garantia dada pela OGX
ANP terá de explicar garantia dada pela OGX
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) terá de dar explicações sobre relação com a OGX.

Há 15 dias, a ANP aceitou pedido da petroleira do grupo do empresário Eike Batista de penhorar o óleo de Tubarão Martelo como garantia aos direitos adquiridos no último leilão de áreas de exploração, realizado em maio.

O procurador Marinus Marsico vai investigar se houve algum tipo de benefício.

O MP contestou a decisão da ANP porque Tubarão Martelo ainda não está em produção. O uso de óleo como garantia para o investimento já foi usado por outras empresas, mas com campos já em produção e com reservas provadas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247