Após Lobão, Graça Foster também garante energia

Depois de o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, dizer que “não há, não houve, e espero que não haja, no futuro, o desabastecimento”, presidente da Petrobras garante que não vai faltar gás para atender necessidades das termelétricas em tempo de estiagem. De acordo com Graça Foster, a empresa está disponibilizando atualmente ao mercado cerca de 90 milhões de metros cúbicos de gás diariamente  

Após Lobão, Graça Foster também garante energia
Após Lobão, Graça Foster também garante energia
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - A presidenta da Petrobras, Graça Foster, disse hoje (9) que não vai faltar gás para atender à demanda do país, como também às necessidades das usinas termelétricas, que estão operando a plena carga em função dos reservatórios das hidrelétricas apresentarem baixo volume de água.

De acordo Graça Foster, a empresa está disponibilizando atualmente ao mercado cerca de 90 milhões de metros cúbicos de gás diariamente. Ontem (8), por exemplo, foram distribuídos 90,571 milhões de metros cúbicos. Do total, 36 milhões de metros cúbicos foram destinados à geração térmica.

Segundo a presidenta da Petrobras, desde outubro, a entrega diária vem sendo da ordem de 36 a 37 milhões de metros cúbicos por dia. A maior parte do gás, 42 milhões de metros cúbicos por dia, vem da produção dos campos nacionais, e 30 milhões de metros cúbicos, importados da Bolívia. O restante de usinas de gás natural liquefeito (GNL).

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email