Argentina com PIB chinês? Não sei, não

O crescimento de 9,2% em 2010 vistoso. Mas h grande desconfiana sobre a veracidade dele

Siga o Brasil 247 no Google News

O Instituto Nacional de Estatística e Censo da Argentina (Indec) informou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 9,2% em 2010, após um crescimento de 0,9% em 2009. No quarto trimestre de 2010, o PIB da Argentina cresceu 9,2% em comparação com o mesmo período do ano anterior, após um crescimento anual de 8,6% no terceiro trimestre; no quarto trimestre de 2009, a expansão havia sido de 2,6%. O número é vistoso e impressiona. Mas é inevitável a pergunta: esse número é confiável? Nos últimos anos, os indicadores econômicos do país foram colocados sob permanente suspeita. Presidentes dos principais institutos ligados ao governo foram substituídos por técnicos de confiança da Casa Rosada. A presidente Cristina Kirchner foi acusada de ordenar a manipulação de dados da inflação – para baixo, é claro.

Isso tem gerado um clima de desconfiança entre investidores estrangeiros, principalmente de empresas cujos serviços tenham os preços controlados pelo governo. Isso já levou a companhias concessionárias de energia, telefonia, entre outras a abandonar o país ou reduzir fortemente seus investimentos no mercado argentino.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email