Armínio Fraga adere ao golpe para 'estancar sangria'

Ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga diz não acreditar que a presença do ex-presidente Lula no governo mudaria o quadro de desconfiança de empresários e consumidores na economia; ele ressalta que é preciso agir logo para "estancar a sangria"; para ele, se não houver uma mudança tanto do governo quanto na forma de conduzir a economia, o Brasil terá um cenário de "perda de emprego e renda como nunca se viu"

Ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga diz não acreditar que a presença do ex-presidente Lula no governo mudaria o quadro de desconfiança de empresários e consumidores na economia; ele ressalta que é preciso agir logo para "estancar a sangria"; para ele, se não houver uma mudança tanto do governo quanto na forma de conduzir a economia, o Brasil terá um cenário de "perda de emprego e renda como nunca se viu"
Ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga diz não acreditar que a presença do ex-presidente Lula no governo mudaria o quadro de desconfiança de empresários e consumidores na economia; ele ressalta que é preciso agir logo para "estancar a sangria"; para ele, se não houver uma mudança tanto do governo quanto na forma de conduzir a economia, o Brasil terá um cenário de "perda de emprego e renda como nunca se viu" (Foto: Roberta Namour)

247 – O ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga diz não acreditar que a presença do ex-presidente Lula no governo mudaria o quadro de desconfiança de empresários e consumidores na economia e adere ao golpe contra Dilma Rousseff.

Em entrevista à ‘Folha de S. Paulo’, ele ressalta que é preciso agir logo para "estancar a sangria" e diz que a gestão de Dilma "quebrou e pilhou o país".

Para ele, se não houver uma mudança tanto do governo quanto na forma de conduzir a economia, o Brasil terá um cenário de "perda de emprego e renda como nunca se viu".

Um dos formuladores do programa do candidato tucano Aécio Neves em 2014, ele acredita que a perda de credibilidade da classe política como um todo com a Operação Lava Jato pode atrapalhar a adoção de um programa para recuperar a economia e descarta a possibilidade de integrar um eventual governo de transição (leia aqui).

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247