Bancos não precisam mandar informes em papel

Instruo Normativa esclerece que a instituies tm de guardar os dados do cliente por cinco anos, mas s precisam enviar impresso se ele pedir

Bancos não precisam mandar informes em papel
Bancos não precisam mandar informes em papel (Foto: Shutterstock)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Os bancos só terão de enviar em papel os informes de rendimentos de aplicações financeiras se o cliente pedir, esclareceu a chefe da Divisão de Tributação de Instituições Financeiras da Receita Federal, Maria da Consolação Silva. Segundo ela, a Receita publicou instrução normativa sobre o assunto porque havia dúvidas sobre a obrigatoriedade de os comprovantes serem encaminhados na forma impressa.

Desde 2006, os bancos estão dispensados de enviar os informes em papel. Embora os rendimentos de aplicações financeiras sejam tributados na fonte e não interfiram no resultado da declaração anual de ajuste do Imposto de Renda, os dados devem ser preenchidos todos os anos pelos contribuintes que possuem investimentos financeiros.

“O informe pode ser fornecido apenas pela internet. O banco não precisa mandar o papel, só se o cliente quiser”, explicou Maria da Consolação. Ela também informou que as instituições financeiras têm de guardar os dados por cinco anos para enviar as informações sobre os rendimentos caso os clientes peçam.

A instrução normativa também esclareceu que os bancos não são obrigados a enviar o comprovante de rendimentos a aplicadores estrangeiros. “Eles não pagam impostos no país. Então, em tese, não precisam receber o comprovante”, disse a chefe de Divisão da Receita.

Em relação aos proprietários de contas conjuntas, a instrução normativa informou que os bancos devem enviar o comprovante em nome do primeiro titular. Apenas se os correntistas pedirem, as instituições mandarão o informe para o segundo titular. As informações são da Agência Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email