Bancos têm se cercado de cuidados com medo da Lava Jato

Depois das empreiteiras, os investigadores da Operação Lava Jato estão se debruçando sobre o setor financeiro e os bancos estão na alça de mira das investigações; alvo dos investigadores são as instituições financeiras que não reportaram movimentações consideradas suspeitas aos órgãos competentes, como o Coaf; para evitar complicações e os danos de imagem decorrentes da lava Jato, os bancos têm pedido que empresários considerados suspeitos encerrem suas contas

Rio de Janeiro - Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no escritório do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, no centro da cidade do Rio de Janeiro (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no escritório do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, no centro da cidade do Rio de Janeiro (Tânia Rêgo/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

247 - Depois das empreiteiras, os investigadores da Operação Lava Jato estão se debruçando sobre o setor financeiro e os bancos estão na alça de mira das investigações. Segundo a jornalista Lydia Medeiros, do Poder em Jogo, do "O Globo", o alvo dos investigadores são as instituições financeiras que não reportaram movimentações consideradas suspeitas aos órgãos competentes, como o Coaf.

Segundo ela, os bancos têm procurado se afastar de eventuais problemas, inclusive pedindo que empresários considerados suspeitos encerrem suas contas, com destaque para os que não fizeram acordos de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247