BC inglês reduz previsão de crescimento do Reino Unido

Comit de poltica monetria do banco central ingls afirmou que a taxa anual de inflao provavelmente cair fortemente em 2012 e ficar abaixo de 1,5% em 2013, aqum da meta de 2%

BC inglês reduz previsão de crescimento do Reino Unido
BC inglês reduz previsão de crescimento do Reino Unido (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Banco da Inglaterra (BOE, na sigla em inglês) disse hoje que a economia do Reino Unido vai crescer menos do que o esperado devido ao impacto nas exportações em função da crise da dívida na zona do euro, sugerindo que talvez seja necessário adotar novas medidas de estímulo.

O comitê de política monetária do banco central inglês afirmou que a taxa anual de inflação provavelmente cairá fortemente em 2012 e ficará abaixo de 1,5% em 2013, aquém da meta de 2%. A previsão leva em conta que a taxa básica de juros do país seja mantida inalterada até o terceiro trimestre de 2013 e o programa de compra de bônus também permaneça sem modificações até o fim de 2014. Isso implica que novas aquisições de ativos ou cortes nas taxas de juros talvez sejam necessários para manter a inflação na meta.

Em outubro, o BOE aumentou seu programa de compra de bônus britânicos e outros ativos em 75 bilhões de libras esterlinas, para 275 bilhões de libras. A taxa de juros está em 0,5% desde março de 2009.

O banco central também afirmou hoje que o crescimento econômico será "significativamente mais fraco" do que o previsto em agosto. Segundo o relatório do comitê de política monetária, se a zona do euro não resolver sua crise fiscal de maneira credível haverá "consequências adversas significativas para o mundo e o Reino Unido". O ritmo anual de crescimento econômico deve atingir o piso em meados de 2012, abaixo de 1%. As informações são da Dow Jones.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email