Bloomberg aponta recuperação do BTG, mas cobra venda rápida de ativos

Agência de notícias econômicas aponta que a rápida recuperação do BTG se deve à liberação da prisão do fundador do banco André Esteves, que aliviou a preocupação sobre o contagio do escândalo da Lava Jato; também ressalta o esforço dos executivos para evitar a venda de seus melhores investimentos; no entanto, recomenda a venda rapida de ativos e buscar preços razoáveis para eles; no 4° trimestre deste ano, o lucro líquido do BTG Pactual atingiu R$ 1,2 bilhão, alta de 45% sobre ano anterior

Agência de notícias econômicas aponta que a rápida recuperação do BTG se deve à liberação da prisão do fundador do banco André Esteves, que aliviou a preocupação sobre o contagio do escândalo da Lava Jato; também ressalta o esforço dos executivos para evitar a venda de seus melhores investimentos; no entanto, recomenda a venda rapida de ativos e buscar preços razoáveis para eles; no 4° trimestre deste ano, o lucro líquido do BTG Pactual atingiu R$ 1,2 bilhão, alta de 45% sobre ano anterior
Agência de notícias econômicas aponta que a rápida recuperação do BTG se deve à liberação da prisão do fundador do banco André Esteves, que aliviou a preocupação sobre o contagio do escândalo da Lava Jato; também ressalta o esforço dos executivos para evitar a venda de seus melhores investimentos; no entanto, recomenda a venda rapida de ativos e buscar preços razoáveis para eles; no 4° trimestre deste ano, o lucro líquido do BTG Pactual atingiu R$ 1,2 bilhão, alta de 45% sobre ano anterior (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A agência de notícias econômicas Bloomberg aponta que a rápida recuperação do BTG se deve à liberação da prisão do fundador do banco André Esteves, que aliviou a preocupação sobre o contagio do escândalo da Lava Jato.

Também ressalta o esforço dos executivos para evitar a venda de seus melhores investimentos. No entanto, recomenda a venda rapida de ativos e buscar preços razoáveis para eles.

No 4° trimestre deste ano, o lucro líquido do BTG Pactual atingiu R$ 1,2 bilhão, alta de 45% sobre ano anterior. No acumulado de 2015, as receitas totais ajustadas somaram R$ 10,09 bilhões e o lucro líquido foi de R$ 4,6 bilhões, com altas de 50% e 35%, respectivamente, sobre 2014. “Como todos sabem, tivemos um final de ano difícil, com um teste de estresse sem paralelo na história da instituição. Respondemos às dificuldades com rapidez e transparência”, disse Persio Arida, presidente do Conselho de Administração do BTG Pactual.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247