Bolívia nacionaliza filial de grupo espanhol de eletricidade

Depois da Argentina, que expropriou a petroleira espanhola YPF, governo de Evo Morales anuncia estatizao do grupo Red Elctrica com crticas sobre o nvel de investimentos no pas

Bolívia nacionaliza filial de grupo espanhol de eletricidade
Bolívia nacionaliza filial de grupo espanhol de eletricidade (Foto: CHRIS WATTIE/ REUTERS)

247 – Duas semanas depois de a Argentina expropriar a petroleira YPF, da espanhol Repsol, por ter reduzido seus investimentos no país, a Bolívia faz algo semelhante. O governo de Evo Morales anunciou, nesta terça-feira, a nacionalização da filial local do companhia Red Eléctrica, também espanhola. A notícia também foi dada com críticas ao nível de investimentos do grupo em território boliviano e com a ordenação ao Exército de ocupar as instalações da empresa.

“Como justa homenagem a todo o povo boliviano que tem lutado pela recuperação dos seus recursos naturais, pela recuperação dos serviços básicos, nacionalizamos a transmissora de eletricidade em nome do povo boliviano”, disse Evo Morales durante ato na capital, La Paz.

A Red Eléctrica possui uma participação indireta de 99,94% na Transportadora de Electricidad (TDE), que administra mais de 1,9 mil quilômetros de linhas de transmissão de energia. Morales afirmou que a TDE, criada em 1997 durante a privatização do setor elétrico e que está sob controle da Red Eléctrica desde 2002, investiu apenas US$ 81 milhões nos últimos 16 anos. Com informações da Reuters.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247