Bolsas no mundo em alta com a morte de Bin Laden

Reao creditada a nervosismo de investidores, que esperam semana tensa. Especialistas acham que nimo dar lugar cautela



✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247_As bolsas no mundo refletem o apetite dos investidores pelo risco no mercado de ações após a notícia de morte do terrorista Osama Bin Laden, no Paquistão. No entanto, analistas acreditam que este movimento não deve ser prolongado e deve dar lugar, em breve, a um comportamento mais cauteloso com o temor de represálias aos Estados Unidos por seguidores da rede Al Qaeda. Além disso, o reflexo de alta no mercado acionário não deve ser creditado apenas à notícia da morte do terrorista. Os investidores estão nervosos com a semana cheia de indicadores globais, como a possibilidade de aumento de juros básicos na Europa, na próxima quinta-feira 5 e na China (sem dia definido) para conter a inflação. Isso significa que qualquer notícia vai mexer com os índices globais.

Na Ásia, a bolsa de Tóquio teve o Índice Nikkei com alta de 1,6%. Em Seul, o índice Kospi avançou 1,7%. As bolsas da China, Hong Kong, Malásia, Cingapura e Taiwan não abriram pelo feriado de dia do trabalho.

Na Europa, as bolsas tiveram comportamento positivo pela manhã. Ajudaram a motivar os investidores os indicadores da economia da região divulgados nesta segunda-feira (2). O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da zona do euro subiu para 58 em abril, de 57,5 em março, segundo a empresa de pesquisas Markit. Na Alemanha, o PMI industrial subiu para 62 em abril, de 60,9 em março. Na França, o mesmo indicador aumentou para 57,5, de 55,4. No entanto, o PMI industrial da Itália caiu para 55,5, de 56,2, e o da Espanha recuou para 50,6, de 51,6.

continua após o anúncio

Os índices nas bolsas em Nova York tiveram alta ao longo da manhã. No Brasil, o Índice Bovespa também apresentava tendência de ganhos para o dia, principalmente pela possibilidade de alta da Petrobras. Os contratos futuros de petróleo no exterior estavam em queda no mercado futuro. O barril do óleo tipo Brent ou do WTI tinham queda perto de 2% no período da manhã com as incertezas dos investidores acerca da situação dos próximos dias após a morte de Bin Laden.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247