Bolsonaro avisa que gasolina vai subir após seu “amigo” Trump matar general iraniano

“Que vai impactar, vai. Se subir, já está alto o combustível, se subir muito complica”, disse Jair Bolsonaro na manhã desta sexta-feira após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenar a morte do general Soleimani, do Irã

Jair Bolsonaro, general iraniano Soleimani e Donald Trump
Jair Bolsonaro, general iraniano Soleimani e Donald Trump (Foto: PR | Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsoanaro se manifestou na manhã desta sexta-feira (3) acerca dos impactos econômicos no Brasil depois do atentado do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao Irã. Entre a noite de quinta-feira e a madrugada de hoje, os EUA efetuaram um bombardeio aéreo que matou o general iraniano Soleimani.

Bolsonaro disse que o episódio vai causar um aumento no preço do combustível para os brasileiros. “Que vai impactar, vai. Agora, vamos ver nosso limite aqui. Porque, se subir, já está alto o combustível, se subir muito complica”.

Ele disse também que tentou conversar com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas não conseguiu.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247