Bolsonaro diz que governo avalia ICMS fixo sobre combustíveis ou cobrança do imposto nas refinarias

Membros do governo Jair Bolsonaro discutiram com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para discutir formas de conter a alta dos preços de combustíveis no País

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nobrega - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (5) que o governo federal avalia um projeto para estabelecer um valor fixo do ICMS sobre combustíveis ou a incidência do imposto no preço dos combustíveis vendidos nas refinarias. Membros do governo tiveram uma reunião com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para discutir formas de conter a disparada dos preços de combustíveis no País. 

"Nós pretendemos ultimar um estudo e, caso seja viável, seja juridicamente possível, nós apresentaremos [um projeto] ainda na próxima semana, fazendo com que o ICMS venha a incidir sobre o preço do combustível nas refinarias. Ou um valor fixo para o álcool, a gasolina e o diesel. E quem vai definir esse percentual ou esse valor fixo serão as respectivas assembleias legislativas", disse.

Preços altos podem significar um entrave para setores que dependem de transporte.

O ICMS é um imposto estadual, cobrado sobre a venda de produtos. As tarifas variam de acordo com o tipo de mercadoria. Alterações no modelo dependem de aprovação no Congresso Nacional. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email