Bovespa atinge máxima histórica de 74 mil pontos

O principal índice da bolsa paulista subia nesta segunda-feira, estabelecendo nova máxima histórica intradia, em 74 mil pontos, diante de uma visão mais otimista em relação à política brasileira e com o cenário externo também mais favorável a ativos de risco; às 11h47, o Ibovespa subia 1,57%, a 74.228 pontos, maior cotação intradia do índice; recorde anterior intradia era de 73.920 pontos, alcançado em 29 de maio de 2008

bovespa
bovespa (Foto: José Barbacena)

Reuters - O principal índice da bolsa paulista subia nesta segunda-feira, estabelecendo nova máxima histórica intradia, em 74 mil pontos, diante de uma visão mais otimista em relação à política brasileira e com o cenário externo também mais favorável a ativos de risco.

Às 11:47, o Ibovespa subia 1,57 por cento, a 74.228 pontos, maior cotação intradia do índice. O recorde anterior intradia era de 73.920 pontos, alcançado em 29 de maio de 2008. O giro financeiro era de 2,5 bilhões de reais.

Localmente, o pedido de prisão de delatores da J&F, controladora da JBS, trouxe mais fôlego ao mercado, com a visão de enfraquecimento de uma nova eventual denúncia contra o presidente Michel Temer e de mais força para o governo avançar a agenda de reformas.

“Agenda de reformas pode voltar ao radar após a prisão dos delatores da J&F, com expectativa pela retomada da governabilidade de Temer”, escreveram os analistas da corretora Lerosa Investimentos em nota a clientes.

O exterior também favorecia o tom positivo, com a redução das preocupações com as tensões geopolíticas após a Coreia do Norte não conduzir novos testes nucleares e com alívio após o enfraquecimento da tempestade Irma. Em Wall Street, o S&P 500 avançava 0,87 por cento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247