Bradesco aponta queda na inadimplência

Banco presidido por Luiz Carlos Trabuco Cappi vê redução de calotes em pessoa física e pequenas empresas no segundo semestre

Bradesco aponta queda na inadimplência
Bradesco aponta queda na inadimplência
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco vê um viés de queda da inadimplência no segundo semestre, e este movimento deve ficar concentrado em pessoas físicas e pequenas e médias empresas, segundo o diretor executivo Luiz Carlos Angelotti.

"Considerando a tendência de curto prazo da inadimplência, a melhora deve vir da pessoa física e da pequena e média empresa", disse Angelotti em teleconferência com analistas.

O executivo fez a previsão após ser questionado sobre possíveis efeitos negativos que as empresas de Eike Batista teriam sobre o índice de inadimplência da instituição. Ele não comentou eventuais efeitos específicos das empresas do grupo X nas contas do banco.

Segundo Angelotti, o alto nível de emprego e o menor endividamento apontado pelo Banco Central explicam a perspectiva positiva em relação à inadimplência da pessoa física.

No longo prazo, a inadimplência tende à estabilidade, segundo o executivo.

(Por Natalia Gómez)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247