"Brasil é vexame": Estadão censura críticas de Persio Arida a Bolsonaro e irrita mercado

Críticas ao governo foram retiradas da versão impressa do jornal. “Se Bolsonaro for reeleito será péssimo para todos nós, com certeza”, disse o economista. Veja vídeo

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro, Paulo Guedes e Persio Arida
Jair Bolsonaro, Paulo Guedes e Persio Arida (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Revista Fórum - O jornal O Estado de S. Paulo publicou, nesta quarta-feira (24), uma entrevista com o economista Persio Arida, ex-presidente do Banco Central, no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), e do BNDES, na gestão de Itamar Franco, concedida a Sonia Racy. Porém, apesar do livre trânsito de Arida no mercado, a publicação não agradou em nada boa parte dos agentes do sistema financeiro.

A entrevista veiculada na edição impressa censurou as críticas mais contundentes que Arida fez ao governo de Jair Bolsonaro. Só é possível detectar as citações de desaprovação assistindo ao vídeo, com a entrevista completa.

Entre outras críticas, o economista afirmou: “O governo cavou seu próprio buraco. Uma péssima gestão econômica, já contratou um panorama recessivo para o ano que vem. O governo vai colher o que plantou”.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email