Brasil tem 13 mi de desempregados e recorde de subutilizados: 28,5 mi

Desemprego no Brasil chegou a 12,3%, em média, no trimestre encerrado em maio, segundo dados do IBGE; índice é praticamente o mesmo registrado no trimestre anterior, que foi de 12,4% e corresponde a cerca de 13 milhões de trabalhadores; total de pessoas subutilizadas, 28,5 milhões, é considerado recorde da série histórica iniciada em 2012 e representa alta de 2,7% sobre o trimestre anterior

Pessoas buscam vagas de trabalho no centro de São Paulo
Pessoas buscam vagas de trabalho no centro de São Paulo (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)

247 - O desemprego no Brasil chegou a 12,3%, em média, no trimestre encerrado em maio, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Índice é praticamente o mesmo registrado no trimestre anterior, de dezembro de 2018 a fevereiro de 2019, que foi de 12,4%. De acordo com o IBGE, o desemprego alcança cerca de 13 milhões de trabalhadores. O total de pessoas subutilizadas, 28,5 milhões, é considerado recorde da série histórica iniciada em 2012 e representa alta de 2,7% sobre o trimestre anterior.  

Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua apontam, ainda, que o número de desempregados teve uma ligeira queda quando em comparação com o mesmo trimestre do ano passado (12,7%). O número de pessoas subutilizadas, porém, representa uma alta de 3,9% frente ao mesmo trimestre do exercício anterior. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247