Caixa anuncia opções de crédito para o setor automotivo

Presidente do banco, Miriam Belchior, assinou nesta terça-feira 18 convênio com a Anfavea, o Sindipeças e a Fenabrave com o objetivo de oferecer condições de apoio ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva; pelo acordo, a Caixa disponibilizará linhas de crédito para antecipação de contratos firmados entre o fornecedor e a montadora, de modo a suprir a necessidade de capital de giro

Presidente do banco, Miriam Belchior, assinou nesta terça-feira 18 convênio com a Anfavea, o Sindipeças e a Fenabrave com o objetivo de oferecer condições de apoio ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva; pelo acordo, a Caixa disponibilizará linhas de crédito para antecipação de contratos firmados entre o fornecedor e a montadora, de modo a suprir a necessidade de capital de giro
Presidente do banco, Miriam Belchior, assinou nesta terça-feira 18 convênio com a Anfavea, o Sindipeças e a Fenabrave com o objetivo de oferecer condições de apoio ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva; pelo acordo, a Caixa disponibilizará linhas de crédito para antecipação de contratos firmados entre o fornecedor e a montadora, de modo a suprir a necessidade de capital de giro (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Stênio Ribeiro – Repórter da Agência Brasil

A presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, assinou hoje (18) convênio com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). O objetivo é oferecer condições de apoio ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva.

De acordo com Miriam Belchior, o banco público oferecerá condições especiais nas linhas de capital de giro e investimento, além de condições diferenciadas em linhas de crédito e outros produtos e serviços do banco, a fim de beneficiar da micro à grande empresa.

Segundo ela, a meta é contribuir para a melhoria do fluxo de caixa das empresas e fornecedores, auxiliando no pagamento de despesas, salários, tributos e reposição de estoques.

A presidenta da Caixa informou que o convênio é uma parceria importante, pois "as excelentes condições" oferecidas pelo banco contribuem para apoiar um dos setores que mais empregam. "Com isso, vamos gerar possibilidades para que as empresas garantam suas atividades e equilibrem negócios, conforme a necessidade de cada uma."

Pelo acordo, a Caixa disponibilizará linhas de crédito para antecipação de contratos firmados entre o fornecedor e a montadora, de modo a suprir a necessidade de capital de giro. Eles terão à disposição linhas de crédito para capital de giro e investimento, com condições especialmente formatadas para o setor.

As taxas de juros serão a partir de 0,83% ao mês, com prazo de 60 meses e carência de até seis meses para início do pagamento das prestações. As empresas fornecedoras poderão se programar para o aumento de despesas comuns nos últimos meses do ano, tais como pagamento do décimo terceiro salário, tributos e estocagem.

A Caixa também oferece linhas de crédito do Programa Pró-Transporte para renovação de frota, com taxas de juros máximas correspondentes à Taxa Referencial (TR) + 9% ao ano e até 96 meses para pagar, dependendo do projeto. O convênio prevê ainda o financiamento de máquinas e equipamentos novos e usados, com taxas a partir de 1,50% ao mês + TR, carência de seis meses e prazos de até 60 meses.

Para Luiz Moan Yabiku Júnior, presidente da Anfavea, o acordo tem grande potencial para impulsionar o mercado e auxiliar a indústria automobilística a superar as complexidades do panorama atual.

"Tenho a convicção de que contribuirá para o fortalecimento da cadeia de fornecedores, além de oferecer condições para a retomada da confiança, por parte dos investidores e consumidores", concluiu.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email