'Carne estava muito barata', diz ministra da Agricultura

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o consumidor brasileiro terá que se acostumar com o forte aumento no preço da carne nos últimos meses. A alta chegou a 26%. Ela disse: "a carne ficou por 3 anos com valor muito baixo. Isso faz com que o mercado sinta mais essa subida”

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o consumidor brasileiro terá que se acostumar com o forte aumento no preço da carne nos últimos meses. A alta chegou a 26%. Ela disse: "a carne ficou por 3 anos com valor muito baixo. Isso faz com que o mercado sinta mais essa subida”. 

A reportagem do site Poder360 explica o aumento de preços com a tese do governo: "a alta é consequência sobretudo do aumento da demanda dos chineses. A peste suína africana levou à perda de 40% do rebanho de suínos do país. Com isso, a China está comprando mais carne bovina de muitos países, incluindo o Brasil. As exportações para o país asiático passaram de 20.000 toneladas em junho para 65 mil em outubro."

A matéria ainda acrescenta mais um trecho da "análise" da ministra: "tivemos uma seca 1 pouco prolongada neste ano, com pastos não de muita qualidade para fazer o acabamento do gado. Geralmente,  o que o produtor faz é dar ração para o gado para fazer o acabamento. Neste ano, com o valor da arroba, não fechava a conta, então a maioria não conseguiu fazer isso e houve 1 retardamento da oferta de boi gordo."

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email