Cerca de 50 empresários furam fila e recebem vacina contra Covid-19

Os executivos, em maioria ligados ao setor de transporte de Minas Gerais, segundo a Revista Piauí, compraram por conta própria os imunizantes e não os repassaram ao SUS, como manda a lei

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Um grupo de cerca de 50 empresários, de maioria ligada ao setor de transporte de Minas Gerais, segundo a Revista Piauí, recebeu a primeira das duas doses da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Pfizer, furando a fila da vacinação prevista pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

Os empresários teriam adquirido as doses por conta própria, sem repassar os imunizantes ao SUS, como manda a lei. As duas doses custaram R$ 600 por pessoa. Eles devem receber a segunda dose daqui 30 dias.

"Segundo pessoas que se vacinaram na ocasião, os organizadores foram os irmãos Rômulo e Robson Lessa, donos da viação Saritur. Uma garagem de uma empresa do grupo foi improvisada como posto de vacinação", relata a reportagem.

PUBLICIDADE

O ex-senador e ex-presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT) Clésio Andrade confirmou ter sido imunizado. "Estou com 69 anos, minha vacinação [pelo SUS] seria na semana que vem".

O deputado estadual Alencar da Silveira (PDT-MG), de acordo com relatos, também teria sido vacinado. "Silveira contou que já tinha tido Covid, mas foi se vacinar com autorização de seu médico. À piauí, ele disse que já tinha sido infectado pelo novo coronavírus e negou que tivesse participado da imunização paralela".

PUBLICIDADE

A responsável pela aplicação dos imunizantes teria sido uma enfermeira que inclusive se atrasou por estar vacinando anteriormente outro grupo na Belgo Mineira, mineradora hoje pertencente à ArcellorMittal Aços.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email