Com Temer, rombo nas contas públicas chega a 2,44% do PIB em 12 meses

Setor público consolidado brasileiro registrou déficit primário de R$ 9,529 bilhões de reais em agosto, com o rombo em 12 meses passando a 2,44 por cento do Produto Interno Bruto (PIB); em agosto, a dívida líquida foi a 50,2% do PIB e a dívida bruta ficou em 73,7% do PIB

Setor público consolidado brasileiro registrou déficit primário de R$ 9,529 bilhões de reais em agosto, com o rombo em 12 meses passando a 2,44 por cento do Produto Interno Bruto (PIB); em agosto, a dívida líquida foi a 50,2% do PIB e a dívida bruta ficou em 73,7% do PIB
Setor público consolidado brasileiro registrou déficit primário de R$ 9,529 bilhões de reais em agosto, com o rombo em 12 meses passando a 2,44 por cento do Produto Interno Bruto (PIB); em agosto, a dívida líquida foi a 50,2% do PIB e a dívida bruta ficou em 73,7% do PIB (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O setor público consolidado brasileiro registrou déficit primário de 9,529 bilhões de reais em agosto, com o rombo em 12 meses passando a 2,44 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), divulgou o Banco Central nesta sexta-feira. Em pesquisa Reuters, analistas estimavam um déficit primário de 16,7 bilhões de reais. Em agosto, a dívida líquida foi a 50,2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), contra projeção de analistas de 50,8 por cento. Já a dívida bruta ficou em 73,7 por cento do PIB, contra expectativa de 74,3 por cento.

Por Marcela Ayres

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247