Com Tio Sam, mas de olho na China

Usiminas faz parceria com Armco para transportar minrio de ferro China

Siga o Brasil 247 no Google News

AE - A norte-americana China Armco Metals, distribuidora e recicladora de metais, anunciou hoje que entregou seu primeiro embarque de 150 mil toneladas de minério de ferro, avaliado em US$19,8 milhões, produzidos pela Usiminas à China. A Armco distribui minério metálico, sucata de aço e metais não-ferrosos na Ásia e tem parceria com cerca de 100 empresas ao redor do mundo. Com capacidade de 9,5 milhões de toneladas de aço por ano, a encomenda da Usiminas marca o início de um parceria de longo prazo entre as duas companhias. Mesmo assim, as ações da Usiminas sofreram bastante no pregão desta quinta-feira e chegaram a cair mais de 5%, depois de dias de forte alta, sem aparente motivo.

O acordo, foi concluído numa reunião recente entre as duas empresas no Brasil, facilitando a exportação de minério de ferro à China, pela Usiminas. A Armco diz que a intenção da Usiminas é entregar 3 milhões de toneladas de minério de ferro em 2011 para a China. "Essa estratégica, ao mesmo tempo, nos oferece uma grande oportunidade de assegurar nossa posição de distribuição de metais na China, enquanto maximiza nossa lucratividade", disse o presidente da unidade chinesa da Armco, Kexuan Yao.

A Usiminas é líder nacional no mercado de aços planos, com capacidade de produção para 9,5 milhões de toneladas de aço por ano. Em mineração possui três minas localizadas no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais, cuja extração é direcionada à exportação e também para abastecimento da Usina de Cubatão, em São Paulo.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email